Efeito Borboleta

Lorenz

 

 

 

 

 

 

   Conceito Artístico:

 

Óleo 3 – Efeito Borboleta ( de Lorenz [1917-2008] )

2007 - ( 50 x 60 cm )

 

 

   Conceito Científico:

 

     ‘É muito difícil fazer previsões, principalmente acerca do futuro’. Este ditado popular é considerado como um conhecimento adquirido e em que o Futuro é destacado como a maior das incógnitas.

     O Efeito Borboleta reflecte as consequências de uma teoria que aborda fenómenos de grande imprevisão, de turbulência, caos e incerteza; característicos de grupos de ciências complexas e de sistemas dinâmicos, como por exemplo o são, a Meteorologia.

     Este efeito foi analisado pela primeira vez em 1963 por Edward Lorenz, cuja teoria apresentada pressupõe que o bater de asas de uma borboleta pode influenciar o curso natural e evolução física de todo um sistema não linear, como é o caso de um sistema atmosférico, com comportamentos praticamente indeterministas e altamente complexos, devido ao elevado número de variáveis que é necessário considerarmos se quisermos proceder a uma definição rigorosa das condições iniciais do sistema. Para tal, seria imperativo conseguirmos catalogar e definir com exactidão a posição, velocidade e direcção de todas as partículas que constituem o sistema atmosférico, para além de ser necessário ter em conta todas as inúmeras variáveis externas que condicionam este sensível sistema: ventos solares, movimento translação / rotação do planeta Terra; deslocamento das folhas nas árvores; emissão de fumos e de outros gases para a atmosfera; qualquer pequena turbulência atmosférica … etc., etc.. Como é praticamente impossível enquadramos numa única equação todas estas variáveis, a alternativa possível foi começarmos a trabalhar com modelos estatísticos e de probabilidade, trabalhando o Caos de uma forma mais determinista e através de processos estocásticos. A Teoria do Caos surge então como a única teoria capaz de se dedicar ao estudo e à compreensão destes sistemas complexos, instáveis e dinâmicos.

     O Efeito Borboleta pretende evidenciar a ideia de que a mais pequena variação nas condições iniciais de um determinado sistema dinâmico, neste caso, o simples bater de asas de uma borboleta, pode ser suficiente para modificar por completo todo o comportamento físico do sistema. Uma perturbação mínima, cujas repercussões poderão culminar na formação de tempestades e provocar o aparecimento de um tufão no outro lado do mundo.

     Esta dependência sensível às condições iniciais demonstra o grande grau de imprevisibilidade destas ciências, em que a mais pequena das alterações poderá ter impactos profundos, gerando um efeito dominó e conduzindo a consequências de proporções inimagináveis.

     Muito curiosamente, numa análise mais cuidada, o que acontece é que quando estes movimentos caóticos são analisados e definidos através de gráficos, a sua representação passa de aleatória para padronizada. Depois de uma série de marcações e de sobreposições o gráfico apresentado começa a formar uma imagem, um padrão, que depois de analisada, espantosamente, parece ter o formato de uma borboleta!

 

 

  Conceito Literário:

 

“ … uma inteligência conhecendo todas as variáveis universais em determinado momento, poderia compor numa só fórmula matemática a unificação de todos os movimentos do Universo. Consequentemente deixariam de existir para esta inteligência o passado e o futuro, pois aos seus olhos todos os eventos seriam resultantes do momento presente. ”

LAPLACE

 

“ O tempo traz a melhor perspectiva.”

WALTER DRESEL

 

“ O destino muitas vezes nos surpreende mas por outro lado, também nós somos capazes de surpreender o destino.”

MICHAEL GUILLEN

 

“ O segredo do mundo é que todas as coisas subsistem e não morrem, mas apenas desaparecem de vista por algum tempo.”

RALPH EMERSON

 

“ Aquele que suprime um momento de fúria pode evitar

 um dia de arrependimento.”

PROVÉRBIO

 

“ Os carpinteiros modelam a madeira;

Os frecheiros modelam as setas;

Os sábios modelam-se a si próprios.”

BUDA

 

“ Na cólera, nada convém mais do que o silêncio.”

SAFO

 

“ Ria-se – Se é sensato.”

MARTIAL

 

“ De cada vez que tomo uma decisão errada, tomo logo uma decisão nova.”

HARRY TRUMAN

 

“ Em certos momentos, os homens são donos dos seus próprios destinos.”

WILLIAM SHAKESPEARE

 

“ O tempo e a paciência são mais poderosos do que a força e a paixão.”

JEAN LA FONTAINE