Pequena Sequência

Fibonacci

 

 

 

 

 

 

   Conceito Artístico:

 

Óleo 9 – Pequena Sequência ( de Fibonacci  [1170-1250] )

2008 - ( 50 x 40 cm )

 

 

   Conceito Científico:

 

     À primeira vista, pode parecer algo um pouco incrível de se acreditar, mas os números da sequência matemática de Fibonacci podem ser vistos em vários Padrões Numéricos da Natureza. Por exemplo, esta progressão aparece de uma forma evidente no arranjo das folhas e caules de uma planta. À medida que se observa o crescimento de uma planta vulgar, primeiro verifica-se a divisão do caule original em dois, depois observa-se uma divisão de um caule secundário, que por sua vez cada um destes origina caules terciários, que se subdividem em simultâneo em ramificações e em caules cada vez mais pequenos e assim por diante. Para além disso, também o número de pétalas de diversas flores obedece a este padrão de ouro: uma íris possui três pétalas; uma primavera cinco pétalas; uma tasneira treze pétalas; uma margarida trinta e quatro pétalas e uma margarida-de-outono cinquenta e cinco ou oitenta e nove pétalas.

     A sucessão de Leonardo de Pisa ( dito Fibonacci ), apresenta-se como uma sinfonia sublime e discreta do mundo natural. Este grande ornamento floral está presente em girassóis; pode ser vista na distribuição das pétalas de uma rosa; no crescimento populacional dos animais;  e pode ainda ser encontrada em escalas musicais. Tudo números de Fibonacci! Em vários aspectos distintos é possível constatar este padrão numérico 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89 … o que demonstra um maravilhoso paralelo entre os Números e a Natureza.

   Perante um número tão fascinante, a sucessão de Leonardo Fibonacci, introduzida no ano de 1200, não poderia deixar de nos surpreender uma vez mais. É que esta sucessão, está igualmente ligada ao número de ouro. A razão entre dois números de Fibonacci consecutivos revela-se como uma intrigante sequência pois tende a aproximar-se do número fi = 1,618 … o número de ouro! Uma coincidência comprovada: no estudo do quociente de dois termos consecutivos da sucessão F(n+1)/F(n), vê-se que este resultado, o rácio dourado, converge rapidamente para fi ( φ )!

 

“ É a sequência de Fibonacci – continuou ela, apontando para o pedaço de papel que Fache continuava a segurar. – Uma progressão em que cada termo é igual à soma dos dois que o antecedem.”

- ‘O Código  Da Vinci’ –

DAN BROWN

 

  

   Conceito Literário:

 

“ A contemplação é a mais alta forma de actividade.”

ARISTÓTELES

 

“ A pintura Zen não procura reproduzir fielmente a realidade mas antes capturar a sua essência transitória. ( … ) Pinta bem o ramo e escutarás o vento.”

BUDISMO ZEN

“ O poeta apenas quer meter a cabeça nos céus.

É o lógico que procura meter os céus na sua cabeça.

E é a sua cabeça que se divide.”

G. K. CHESTERSON

 

“ Não te apresses, não te rales, só estás aqui para uma breve visita.

Portanto, não te esqueças de parar para cheirar as flores.”

WALTER HAGAN

 

“ Ao longo de tantos anos e com grandes custos, viajei por muitos países,

vi altas montanhas, os oceanos …

Só o que não vi foi a gota de orvalho brilhante na relva,

mesmo à frente da minha porta.”

RABIN TAGORE

 

“ A simplicidade profunda é muito mais impressionante do que

a complexidade profunda.”

JOHN BARROW

 

“ À medida que vamos compreendendo melhor as coisas,

tudo se torna mais simples.”

EDWARD TELLER

 

“ O objectivo principal da Ciência é a simplicidade.”

EDWARD TELLER

 

“ Se o Universo é um Universo de pensamento, então a sua criação

deve ter sido um acto de pensamento.”

SIR JAMES JEANS

 

“ Se um espírito contemplativo se deita à água, não tentará nadar.

 Procurará primeiro, compreender a água e afogar-se-á.”

HENRI MICHAUX

 

‘ Não perca a poesia da vida.’

C. P. FOURNIER

 

“ Quem tem bastante no seu interior, pouco precisa de fora.”

JOHANN GOETHE