O Código do Universo

Fournier

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   Conceito Artístico:

 

Óleo 13 – O Código do Universo ( de Fournier )

– 2010 - ( 70 x 100 cm )

 

 

   Conceito Científico:

 

     O conceito de imaginação normalmente é restringido ao que diz respeito à capacidade mental de um indivíduo de criar, relacionar, inventar ou construir ideias. Este processo que se desenvolve é designado por criatividade, cujo termo é derivado do latim ‘imaginatio’, uma palavra que simboliza a capacidade artística e intelectual. Num certo sentido, esta força criadora consiste num processo mental de representação das coisas que não nos são imediatamente percepcionadas pelos nossos sentidos conscientes. O criador da imaginação teve de percorrer um longo percurso de inspiração onde relacionou várias variáveis até poder chegar à sua conclusão imaginada. Se bem que em todo este processo se possa confundir o conceito de imaginação e o de inspiração, muito simplesmente: a imaginação é consciente e a inspiração é inconsciente.

     Segundo a teoria de Eduardo Punset, este neurocientista descreve o processo de criatividade de uma forma particularmente interessante: Em geral, as pessoas seguem outras pessoas apenas porque há muita gente que vai nessa direcção. A pessoa criativa, porém, decide ser independente. Por exemplo, se a pessoa criativa vê que toda a gente está a caminhar numa dada direcção, então, decide caminhar na direcção oposta, não aceitando a direcção da maioria como a direcção correcta.

     O criador pensa: ‘Tenho a minha própria ideia e talvez a minha ideia seja melhor’. A pessoa criativa pensa de uma maneira diferente em relação ao típico ou ao comum, embora isso às vezes acarrete as suas consequências.

     É necessário saber que quando se tem uma ideia criativa, uma ideia nova, os outros não irão aceitá-la facilmente. De certa forma, torna-se necessário e até mesmo imprescindível aplicar um certo esforço para tentar demonstrar que a nossa ideia é válida e que poderá trazer alguma vantagem. Na prática, trata-se simplesmente de tentar convencer os outros de que a nossa ideia talvez seja, quem sabe, uma ideia melhor. De modo que, o autor de uma nova ideia desenvolve todas as habilidades para que esta não seja imediatamente rejeitada e negligenciada. Defendendo-a e considerando que, pelo menos, uma nova ideia merece fazer parte da discussão, com uma única diferença substancial, que é a de que o criador acredita profundamente naquilo que criou …

 

 

   Conceito Literário:

 

“ Cansei de ser moderno. Quero ser eterno.”

PABLO PICASSO

 

“ Algo só é impossível até que alguém duvide e prove o contrário!”

ALBERT EINSTEIN

 

“ Se os factos não se encaixam na teoria, modifica-se os factos.”

ALBERT EINSTEIN

 

“ Teoricamente possível, infinitamente difícil.”

JOHN GRIBBIN

 

“ Deus quer, o Homem sonha, a obra nasce.”

FERNANDO PESSOA

 

“ Nada de grandioso foi alguma vez conseguido

sem entusiasmo.”

EMERSON

 

“ É muito importante que o Homem tenha ideias,

sem elas não se vai a parte alguma.”

DALAI LAMA

 

“ A vida é como uma escultura; é uma questão de ser capaz de ver o que os outros não vêem e, depois, com o cinzel, desbastar o que sobra.”

MIGUEL ÂNGELO

 

“ Porque eu sou do tamanho daquilo que vejo

e não do tamanho da minha  altura.”

ALBERTO CAEIRO

 

“ Génio é a habilidade de reduzir o que é complicadoa algo simples.”

C. W. CERAN

 

“ Talento é quando um atirador atinge um alvo que os outros não conseguem. Génio é quando um atirador atinge um alvo que os outros não vêem.”

SCHOPENHAUER